Boom de Autoconhecimento e as Fases Astrológicas

Está acontecendo um boom de autoconhecimento. Existe relação dos astros com o crescente interesse por meditação, o PNL, coaching etc.? Leia alguns insights aqui.

A transformação do planeta e da humanidade está acelerada, todos concordam. Por isso, vou focar em alguns desses aspectos: a transformação de ideais. Exemplos:

  • A popularização do chamado empoderamento
  • Ou a popularização da corrente do pensamento positivo
  • Retiros espirituais e interesse por neoxamanismo
  • Novas formas de alimentação e de consumo
  • Gente mudando de carreira após os 30 anos
  • Ou tirando “anos sabáticos” antes dos 30 anos
  • Ou redescobrindo um hobbie antigo para ser nova fonte de renda
  • Terminando relacionamentos até então duradouros

Quantos desses itens você percebe ao seu redor?

E isso tudo está ligado também a duas palavras que estão cada vez mais presentes, e cada vez mais cedo na perspectiva das pessoas:

Propósito e Consciência.

Propósito é a missão que você escolhe seguir. É seu norte, sua montanha, o legado que você quer deixar para seus próximos, para a sociedade e para o planeta.

Consciência é muita coisa, mas, em resumo, é a percepção de que mesmo um gesto pequeno pode deixar um legado enorme.

Isso está em tudo: na forma como reagimos aos nossos sentimentos, no trato dado às pessoas ao seu redor, nas nossas escolhas de consumo, em nossas crenças particulares e valores.

Consciência é saber que tudo isso se relaciona! E, se existe uma conexão, existe um propósito.

A Astrologia nisso tudo

Com essa mudança massiva de interesse em autoconhecimento, o olhar para a Astrologia superou o senso de esoterismo. Graças ao esforço de muitos astrólogos sérios e comprometidos, a sabedoria milenar está ganhando cada vez mais utilidade prática.

A tradução dos símbolos astrológicos ajuda a compreender desafios e potências em nós mesmos – portanto uma ferramenta valiosa de autoconhecimento.

Mas não é só isso. A Astrologia permite olhar com distanciamento o momento que passamos, observar o que está acontecendo em nosso entorno e na nossa vida particular, e tomar decisões mais conscientes.

Ou, como disse uma cliente minha, “não achar que o drama é só comigo.” Quer exemplos de uma influência geral das forças cósmicas em nossa geração?

Era de Aquário das Inovações

Ela começou recentemente. Signo de invenção, razão, coletividade e altruísmo, de abandono do passado. Aquário está potencializando cada vez mais novas descobertas com a internet, novos desafios ao ser humano, novas preocupações. Tanto a nível global quanto particular.

(Em breve postarei algo mais detalhado.)

Plutão das destruições

Plutão, que rege as transformações, “mortes” e novos paradigmas, hoje está em Capricórnio, quebrando estruturas velhas para florescer novas. Serão anos de questionar as figuras de poder e também de questionar o propósito de vida de cada um de nós.

Ele mesmo, Plutão, alguns anos atrás e desde a virada do milênio, esteve em Sagitário, promovendo o ressurgimento do autoconhecimento sobre o qual falei no começo do texto. E, de quebra, a revisão de nossos dogmas, sejam científicos, sejam religiosos.

E então chegou o ciclo de Saturno, aumentando o peso de encontrarmos propósito para nossas ações.

Ciclo de Saturno das Responsabilidades

Com a mudança do Ciclo Solar para o de Saturno, em geral há/haverá um comprometimento crescente com o legado deixado na Terra: ecologicamente, socialmente, cientificamente etc.

Também é um planeta que fala de propósito, pragmatismo, estruturação. Mas note que ele acabou de entrar em Capricórnio (reforçando esses valores), esteve por mais de dois anos em Sagitário (ideais e autoconhecimento) e antes disso outros dois anos e alguns meses em Escorpião (transformações e crises).

Então temos um recorte recente de 5 anos. Pense em tudo que aconteceu.

Saturno é um planeta de restrição, de disciplina e responsabilidade. A tendência é menos “eu primeiro”, tal qual um certo presidente que se acha o centro do mundo, e mais “nós primeiro”.

É claro que nossa emotividade nos leva a perceber o contrário: que “as pessoas estão ficando mais egoístas.” Será mesmo? Ou essa impressão não é fruto da nossa percepção do que vemos na TV, internet etc. que usam (e abusam) de algoritmos de popularidade. Ou mesmo fruto de como nós fomos educados a reagir instintivamente a estímulos negativos e a desconfiar dos positivos?

O despertar da consciência naturalmente atrai a força oposta. Porque gera contraste. porque gera inveja. Porque exige esforço constante. Mas tem acontecido. É uma questão de tempo, e de olhar, para perceber como aqui e ali a maré muda.

Em breve postarei no blog mais textos sobre esses grandes trânsitos e facilitar a associação de ideias. Até lá!

One thought on “Boom de Autoconhecimento e as Fases Astrológicas

  1. Ótimo texto! Sinto que esse movimento é coletivo!! Era de Aquário já está aí pra nos mostrar…que tenhamos sabedoria para viver o presente e o que está por vir, deixando os padrões negativos no passado! 😉

Comments are closed.