A maioria das pessoas conhece a astrologia dos horóscopos. “Áries é assim… Touro é assado…” etc. Raso, muito raso… Não é por aí que eu vou.

Na minha opinião os estereótipos divididos em 12 signos são visões superficiais, deterministas ou oportunistas, embora há modernos sérios. O horóscopo é superficial porque o signo (solar) é só um aspecto de dezenas. Se considerarmos que existem dez planetas, doze casas e doze signos, começamos de cara com 1.440 possibilidades. Bem mais que doze, e olha que é uma conta burra, esta que eu fiz.

Embora não conheça todas, a linha da Astrologia que me cativou foi a Alquímica, similar à Tradicional, que também gosto muito. A Alquímica é mais holística. Por exemplo, ela identifica os chakras energizados como um dos aspectos a serem analisados, e dá grande ênfase às casas onde os planetas caem e sua relação com os signos.

Alquimia como desenvolvimento pessoal

Os praticantes sérios, independente da linha utilizada, têm comprovado que a Astrologia é uma boa ferramenta de autoconhecimento. Muitos coachs já a utilizam como ferramenta paralela e complementar para conhecer mais de seus coachees.

Alquimia vem de transformação. O grande mote dos alquímicos (os primeiros cientistas) foi transformar o chumbo em ouro. Mais do que interesses financeiros, essa busca arquetípica era um lema para seus estudos: como melhorar alguma coisa por meio da interpretação e manipulação dos elementos naturais que compõem as coisas — incluindo o ser humano?

O que me motivou nessa abordagem é que é abrangente, porém prática. Foco no desenvolvimento da pessoa, em transformar seus pesos de chumbo em seu estado áureo. Identificar dificuldades ou talentos e perceber caminhos de aprendizado. A pergunta que sempre me faço ao ler o mapa de um cliente é

Como posso pegar esta informação, criar consciência de forma positiva e oferecer à pessoa uma alternativa de desenvolvimento nesse aspecto da sua vida?

Claro que a resposta será sempre dada pela própria pessoa, que sabe mais de sua vida do que ninguém e é quem está escrevendo-a dia a dia. A função do astrólogo alquímico é sintetizar as informações e dar uma interpretação baseada na própria vida do cliente. Afinal, planetas são energias arquetípicas, e os arquétipos são experiências-padrão que se manifestam de formas diferentes para cada pessoa.

Não é a paleta de cores que define a qualidade do artista, mas a forma como ele as combina para alcançar os resultados que ele precisa manifestar na obra. É a minha metáfora para falar de como podemos encarar nossas vidas com base nas cores que recebemos, e que a Astrologia ajuda a tomar consciência. É uma forma de empoderamento.

Entre em contato para saber mais ou marcar uma consulta!

#astrologia #alquimia #astrologiaalquímica #desenvolvimento